Não consegue visualizar Clique Aqui
topo
Ano VI, Edição nº 41 - abril/maio de 2016
Biapó promove
ação inédita de
inclusão de pessoas
em tratamento psiquiátrico
Execução da réplica de Ânfora Histórica a partir da peça original em mármore de Carrara pela equipe da Oficina de Restauro

A exemplo de outras experiências bem-sucedidas com Portadores de Necessidades Especiais (PNE), desenvolvidas anteriormente nas obras do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), do Instituto Benjamim Constant (IBC) e da Casa da Moeda, a Construtora Biapó deu início a uma ação inédita de responsabilidade social: a inclusão, no quadro de colaboradores da Biapó, de pessoas em tratamento psiquiátrico.

No mês de março, foram contratados cinco novos funcionários – Samira Silva da Silva, Estácio Evangelista, Gilberto Lima Correia, Glauce Rocha e Rejane Alves Clemente –, que passaram a fazer parte da equipe de PNE na obra de Restauração do Palácio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), prédio em estilo neoclássico onde supostamente funcionou a primeira unidade psiquiátrica construída na América Latina, inaugurada por D. Pedro II em 1852.

O planejamento das ações de contratação envolveu a participação de uma equipe multidisciplinar, formada por psiquiatras, psicólogos, coordenadores, arquitetos, técnicos de segurança e administrativos, mestres de obras, engenheiros, educadores e a equipe do canteiro de obras. Assim, novos espaços foram construídos e ampliados para o desenvolvimento da iniciativa, como a área dos banheiros e das oficinas de restauro, além do realinhamento do canteiro.

Também foi realizado um trabalho de sensibilização dos profissionais da Biapó no Rio de Janeiro. Para tanto, uma dinâmica de grupo, idealizada e mediada pela professora e psicóloga do Instituto de Psiquiatria (IPUB) da UFRJ, Catarina Dahl, auxiliou no processo de informação e conscientização.

Novos contratados do IPUB/UFRJ em integração com os monitores. Da esquerda para direita: Estácio, Rejane, Glauce, Sérgio (museólogo), Sueli (técnica em segurança do trabalho) e Gilberto
“A articulação entre o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), a Biapó e o IPUB é vital para sustentabilidade da parceria, assim como incluí-los nessa mesma articulação e gestão compartilhada dos processos",
afirmou a psicóloga durante um dos encontros semanais no canteiro de obras, com a presença de coordenadores, mestres, monitores e contratados.
Oficina de sensibilização realizada por Catarina Dahl
Goleada
da Biapó

O time da Construtora Biapó garantiu o terceiro lugar no 15º Torneio de Integração 1º de Maio do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Município do Rio de Janeiro (Sintraconst-Rio) com uma goleada de 8 a 0 na disputa com a equipe do Consórcio Benge (Parque Olímpico).

O presidente do Sintraconst, à esquerda, na entrega do prêmio para
Alex Henrique

Alex de Araújo, que na obra é conhecido como Chucky, foi eleito o artilheiro do campeonato com sete gols. "Na hora, fiquei nervoso, mas fiz o primeiro, o segundo, depois, foi só tranquilidade", conta o servente, premiado com uma televisão de 42” polegadas. “Vou colocar a TV na sala para minha mulher e minhas filhas”, disse entusiasmado. Outro servente da Biapó, Paulo Henrique de Souza Araújo, foi eleito o melhor goleiro do campeonato e também ganhou uma TV de 42” polegadas.

O time foi formado por Breno Barreto de Oliveira (carpinteiro), Jociel Viana dos Santos (almoxarife), João Marcos Cardoso Silva (encarregado de turma), Sandro Cunha de Oliveira (coordenador de obras), Marco Antônio de Souza Ramos (montador de andaime), Leonel Tavares da Silva (montador de andaime), José Henrique de Souza Araújo (montador de andaime), Paulo Henrique de Souza Araújo (servente), Josenilton Barbosa da Silva (marteleteiro), Alex Henrique Araújo (servente), Leandro Alves da Silva (pedreiro) e Bruno da Conceição Trote (pintor).

Entre os oito times vencedores da temporada 2015-2016, a W Engenharia (responsável pela manutenção da Fiocruz) foi a grande campeã do torneio, disputado no dia 16 de abril, na sede campestre do Sintraconst. O placar na final ficou em 5 a 1 contra o time Fábrica de Escolas, do Grupo OAS.

Mercado da Cidade de Goiás ressurge
na paisagem do Centro Histórico

Com o progresso das obras de restauração do Mercado Municipal da Cidade de Goiás, esse importante marco cultural ressurge ganhando visibilidade.

Gradativamente, o espaço retoma suas atividades. O restauro do Bloco B foi concluído em maio, e os permissionários das salas já estão ocupando definitivamente seus lugares. Foram restaurados todos os revestimentos de piso e parede, e o telhado passou por um reparo do madeiramento da estrutura. Para isso, as telhas francesas foram retiradas, lavadas e reinstaladas com a substituição de peças degradadas ou quebradas.

Uma nova bateria de banheiros foi criada neste bloco para atender todo o mercado. Os banheiros são modernos e seguem as normas técnicas de acessibilidade, garantindo maior conforto aos visitantes.

Todas as instalações (elétrica e hidrossanitária) foram completamente refeitas de acordo com as normalizações vigentes, incluindo os novos sistemas de gás de cozinha, som e telefonia.

As salas receberam internamente forros de madeira tipo macho e fêmea, e os banheiros forro treliçado de madeira. Também foram instaladas treliças alinhadas às alvenarias externas, oferecendo, com a substituição das portas metálicas por portas de madeira, mais unidade visual ao conjunto.

ÁREA EXTERNA

Na área externa, localizada entres os blocos A, B e C, foi construída a nova rampa para PNE, conforme as regras de acessibilidade, junto à rampa histórica. Descoberta durante as demolições do calçamento existente, a rampa, toda em pedra, foi exposta novamente e restaurada de modo a preservar o elemento histórico.

BLOCO C e E

Com a finalização do bloco B, inicia-se a penúltima fase da obra, a restauração do bloco C. A última etapa será dividida em três frentes: finalização das diversas instalações e passagem das tubulações pelo pátio; restauro e rearranjo da pavimentação em paralelepípedos de concreto; e a finalização do Bloco E.

O restauro do bloco C contemplará uma nova cobertura em madeira com prolongamento para a área externa, formando uma varanda em frente às lojas; a revisão estrutural dos pilares de madeira; a restauração completa das paredes com rearranjo das salas para atender às novas ocupações; a reexecução das instalações elétricas, hidrossanitárias, de gás, de som, do Sistema de Proteção contra Descargas Elétricas (SPDA) e telefônicas; substituição das portas de ferro de enrolar por portas de madeira maciça; pintura geral do prédio; e substituição dos pisos por novos.

A primeira etapa deste bloco já está em andamento e sua finalização está prevista para início de julho.

Programa de Bônus
e Resultados 2016 incentiva
a qualificação profissional

O Programa de Bônus e Resultados 2016 já começou e consiste em um sistema de pontuação e avaliação dos operários com o objetivo de incentivar o maior empenho e participação dos empregados no cumprimento das metas estabelecidas, na melhoria das suas qualidades profissionais, reconhecendo o comprometimento dos funcionários e da equipe, além de ampliar o investimento no relacionamento da empresa com seus funcionários.

Será distribuído o montante equivalente a 3% do lucro líquido obtido pela empresa no ano corrente, computado entre 1˚ de janeiro e 31 de dezembro. O valor a ser dividido será proporcional ao faturamento de cada cidade onde existam obras da Biapó. O valor total, em reais, será divulgado no quadro de avisos de todas as obras, após o fechamento do balanço anual. O pagamento será feito até o fim de março do ano subsequente.

O bônus será dado aos funcionários da cidade em que estiver sendo realizada uma obra da Biapó, apta a participar deste programa. O total a ser distribuído será proporcional ao faturamento das obras daquela localidade durante o ano vigente. Casos especiais serão estudados.

Estão aptos a participar do programa todos os funcionários devidamente registrados em uma das obras da empresa com atuação direta no canteiro de obras, incluídos nas seguintes categorias: servente, auxiliar de serviços gerais, vigia, 1/2 oficial, montador de andaime, operador de betoneira, pintor, bombeiro hidráulico, pedreiro, gesseiro, armador, soldador, serralheiro, eletricista, carpinteiro, almoxarife e encarregados.

Pontuação
Estão previstos três tipos de pontuação, que, juntos, compõem o total de pontos de cada funcionário: pontuação de qualidade (até 70 pontos), fatores de acréscimo e pontuação adicional (até 30 pontos).
Critérios de avaliação
  • Pontuação de qualidade: qualidade dos serviços, higiene e segurança no trabalho, educação patrimonial, conservação de materiais e equipamentos, assiduidade e pontualidade, comportamento interpessoal e em grupo.
  • Fatores de acréscimo: cada operário terá a sua pontuação acrescida em 5% para cada ano de registro em carteira na empresa, completados até o dia 31 de dezembro, e à pontuação de cada funcionário será aplicado um fator de cargo, de acordo com a sua função registrada em carteira.
  • Pontuação adicional: participação nos programas educacionais e eventos culturais promovidos pela empresa, atestado de qualificação profissional e participação no mutirão do Programa Biapó em sua Casa.

A periodicidade das avaliações é mensal, compondo um total de pontos que representam os doze meses do ano. Todas as normas de participação estão explicadas detalhadamente no Programa de Bônus e Resultados, acessível a todos os colaboradores da Biapó.

Expediente

Biapó Notícias é um orgão de informação da Construtora Biapó Ltda.
Coordenação editorial: Adriano Carvalho | Jornalista Responsável: Armando Araújo GO0554 JP |
Textos: Adriano Carvalho e Cláudia Nunes |
Colaboração: Bartira Bahia, Camila Furloni e Sérgio Costa | Fotografias: Arquivo Biapó | Revisão: Julieta Garcia.
Diagramação: Ricardo Nemoto.
Rua Dr. Olinto Manso Pereira, nº 206, Setor Sul - CEP 74.086-105 - Goiânia - Goiás.
Contato | (62) 3241-0575 - contato@biapo.com.br